Identidade visual, qual é a sua?


 

Você com certeza sempre relacionou uma cor a algo, por exemplo o azul, é quase impossível olhar o azul-escuro no seu dia a dia sem lembrar das suas publicações e da sua navegação diária no facebook, é o mal de toda pessoa conectada com essa rede social. E quem mesmo nunca viu um símbolo de “corre” sem ser submetido a um pensamento com a marca Nike.

 

Essas referências surgem com a identidade visual, é de extrema importante para o reconhecimento único. Ter identidade é ser referência, é trabalhar com mente das pessoas, com a lembrança, para o seu trabalho sempre se destacar entre todos.

 

Estude, pesquise, busque referências históricas, segmentação, crie unidade, seguindo esse caminho na criação da sua marca o resultado é garantido.

 

Grandes artistas buscaram referência para criar sua identidade, Andy Warhol por exemplo, grande referência em Pop Art, ele, sem dúvida, não existiria sem os outros movimentos históricos e artísticos que vieram antes dele. Graças a pesquisas, as tentativas, e contatos ele pode criar sua própria identidade visual que hoje ficou como o seu legado e é usado não só como base para muitas coisas, mas também ensinado em escolas e universidades.

 

E você, já parou para pensar qual a sua identidade?

Posicione sua marca, busque, seja não só você, mas seja também um pouco de tudo.